25 de fevereiro de 2024

Festival das Lanternas fecha Ano Novo Chinês em Foz do Iguaçu

Festival das Lanternas fecha Ano Novo Chinês em Foz do Iguaçu

O Festival das Lanternas – em comemoração ao Ano Novo Chinês, reuniu centenas de pessoas na Praça da Paz, neste domingo (05), em uma fusão entre as culturas brasileira e chinesa, com muita música, culinária e uma decoração especial para o evento. 

Foto: Christian Rizzi/PMFI

A festa marca o encerramento do Ano Novo Chinês, que iniciou em 22 de janeiro. Foz do Iguaçu foi a cidade do Brasil escolhida para sediar a festa, que contou com a presença do embaixador da China no país, Zhu Qingqiao. A organização foi da Prefeitura Municipal, Fundação Cultural, Instituto Sociocultural Brasil China (Ibrachina) e Embaixada da República Popular da China no Brasil. 

“É uma honra sediar o Festival das Lanternas em nossa cidade, pois é uma forma de valorizar a comunidade chinesa de Foz e também de fortalecer a relação com a China, o que é estratégico para o município”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro. 

Entre as atrações que marcaram o encerramento do Ano Novo Chinês na Praça da Paz, estiveram a Banda Ibrachina Musical Project, com adaptações de canções em mandarim para ritmos brasileiros e músicas brasileiras tocadas com instrumentos chineses; o Grupo de Música Tradicional Chinesa; e Tiago Rossato & Sofia Goulart. ??Na Feirinha da Avenida da JK, a população teve opções de produtos da culinária chinesa.

As tradicionais festas chinesas fazem parte do calendário de Foz do Iguaçu desde 2017 e já existe um projeto de lei para incluir o Ano Novo Chinês nos eventos oficiais do município.

Visita ao gabinete

Na manhã deste domingo, o prefeito Chico Brasileiro recebeu em seu gabinete a visita do embaixador Zhu Qingqiao e da delegação da Embaixada da República Popular da China no Brasil. Ele esclareceu dúvidas sobre o Destino Iguaçu e o desenvolvimento das políticas públicas municipais, e também debateu projetos de cooperação de temas em interesse comum e a favor do desenvolvimento de Foz do Iguaçu e da China. 

Ano do Coelho

A passagem de ano, conforme a cultura chinesa, é repleta de significados. Ao contrário da tradição ocidental que se baseia pelo ciclo de translação da terra ao redor do sol, os chineses se baseiam no calendário lunar.

Conforme o ciclo, o Ano do Tigre dá lugar ao Ano do Coelho. Conforme a mitologia, o animal indica sorte e tranquilidade. São 12 signos, inspirados em 12 animais: Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Cabra, Macaco, Galo, Cachorro e Javali.disso, é um país que nos inspira pelo seu modelo de desenvolvimento, que é exemplo para o mundo”, ressaltou o prefeito.