29 de fevereiro de 2024

Unidade Padre Ítalo passa a atender casos de dengue no Poliambulatório Nossa Senhora Aparecida

Essa é mais uma estratégia adotada pelo município para desafogar as UPAS, que estão atendendo mais de 800 pacientes por dia

Unidade Padre Ítalo passa a atender casos de dengue no Poliambulatório Nossa Senhora Aparecida

A partir desta quinta-feira (16), a Unidade Padre Ítalo passará a atender pacientes com sintomas de dengue no Poliambulatório Nossa Senhora Aparecida, na Avenida Morenitas, região do Porto Meira.

A mudança temporária da estrutura é mais uma estratégia adotada pela gestão para desafogar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Dr. Walter Cavalcante Barbosa, no Morumbi e João Samek, no Jardim das Palmeiras, que tem realizado cerca de 800 atendimentos por dia. A Secretaria Municipal de Saúde reforça, no entanto, que as pessoas com sintomas da doença devem procurar, no primeiro atendimento, a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência.

A proposta é que pacientes com dengue tipo B sejam direcionados ao Poliambulatório, que possui amplo espaço de atendimento, com mais salas de emergência e estabilização. “Enquanto na Padre Ítalo conseguimos colocar no máximo 10 poltronas para hidratação, no Poliambulatório podemos instalar de 30 a 40, além de toda a estrutura necessária caso o paciente tenha uma evolução no quadro”, informou a diretora da Atenção Primária, Márcia Batista.

“O grupo B requer um acompanhamento minucioso para não evoluir para um grupo C”, alerta a diretora. São especialmente pessoas com condições clínicas especiais ou comorbidades, gestantes, idosos, com hipertensão arterial ou outras doenças cardiovasculares graves, diabetes, doenças hematológicas crônicas (principalmente anemia falciforme), doença renal, entre outras.

Direcionamentos

Hoje, a referência para dengue tipo B é a UPA Samek. A unidade continuará com este atendimento, mas priorizando moradores das regiões Norte e Nordeste, enquanto os moradores das regiões Sul, Leste e Oeste serão acompanhados e monitorados no Poliambulatório.

Casos graves classificados como C e D, são encaminhados ao Hospital Municipal Padre Germano Lauck, que também está com sua capacidade comprometida e estuda formas de ampliar ainda mais os leitos.

“Com a transferência da Padre Ítalo para o Poliambulatório, que atenderá 24h por dia, teremos uma ampliação no atendimento e condições de desafogar as UPAS, que ainda recebem pacientes com dengue A, casos que poderiam ser tratados numa unidade de saúde” disse a secretária da saúde Rose Meri da Rosa.

UBS Padre Monti

De forma temporária, a estrutura da Padre Ítalo (localizada na Rua Paulino Ferreira, Porto Meira), abrigará a Unidade de Saúde Padre Monti (que funciona anexo ao Poliambulatório) e receberá um reforço na equipe para atendimentos a casos de dengue tipo A e outras patologias.

A Secretaria da Saúde também avalia a continuidade do atendimento noturno e aos sábados nas cinco unidades de saúde, já que a procura está muito abaixo do esperado.

Entre segunda e terça-feira (13 e 14) foram atendidos 20 pacientes na UBS do Cidade Nova, 25 no Morumbi III, 21 no Profilurb, 22 na São João e 10 na unidade da Vila Yolanda no período das 19h às 22h. Essa média de atendimentos vem se mantendo desde o início das atividades ampliadas, no dia 1º de março.