25 de fevereiro de 2024

Nova plataforma de Dados da Embratur ajudará Foz a alavancar turismo internacional

Nova plataforma de Dados da Embratur ajudará Foz a alavancar turismo internacional

Há poucos dias, a Embratur e o Ministério do Turismo, em parceria com a Polícia Federal, Banco Central e ANAC, lançaram uma nova ferramenta de inteligência de dados para dar mais transparência às informações de estrangeiros que chegam ao país. O “Painel de Dados do Turismo”, que conta hoje com três categorias, reúne dados atualizados de entrada de turistas, movimentação financeira e malha aérea internacional.

A novidade passa a ser uma grande aliada para o turismo de Foz do Iguaçu. Como uma das cidades brasileiras que mais recebem visitantes estrangeiros do país (somente de janeiro a agosto de 2023, mais de 510 mil pessoas de 143 nacionalidades passaram pelo Parque Nacional do Iguaçu), estes dados serão fundamentais para realizar ações estratégicas e ainda mais assertivas para o Destino Iguaçu. 

Quando se é planejado o futuro de um destino e de uma região, além de uma análise do cenário, busca-se dados que embasam e norteiam decisões estratégicas. A afirmação é da diretora executiva do Visit Iguassu, Elaine Tenerello. “Foz do Iguaçu é um destino que atrai turistas do mundo todo e atua no mercado com precisão, por isso entender a constante mudança no perfil do turista e na forma de compra, nos permite atuar com assertividade e atrair resultados a curto e médio prazos”. 

Em breve, a Plataforma Federal receberá atualizações —  Segundo a Gerência de Informação e Inteligência de Dados da Embratur, a ferramenta de inteligência de dados deve ficar ainda mais completa para ser utilizada pelo trade iguaçuense.

Nos próximos meses, a plataforma será atualizada com detalhes sobre perfis de consumo e de viagem por via aérea. O painel contará com dados, como: a antecedência na compra de passagem, a motivação da viagem e o meio de compra dos bilhetes, a permanência e duração da viagem de estrangeiros no Brasil, além das conexões utilizadas por estes turistas internacionais antes de chegar ao destino final.

Por que analisar e entender o consumidor é o melhor caminho? — De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o perfil do consumidor de turismo tem se transformado após a pandemia. Todas as mudanças no estilo de vida da sociedade em geral trouxeram novas formas de vivenciar atividades turísticas e de lazer, abrindo oportunidades para novos negócios no setor. Assim, cidades que entenderem rapidamente essas novas tendências, terão mais chances de ‘sair à frente’ das demais para alavancar o turismo local e regional.

Segundo Tenerello, a nova plataforma de dados lançada pela Embratur é uma ferramenta de apoio a todos os profissionais e empresas que se relacionam com o turismo como setor econômico.

Acesse o Painel de Dados do Turismo aqui: https://dados.embratur.com.br/