19 de julho de 2024

Mulher é flagrada com carga ilegal de hormônios e cigarros eletrônicos em fundo falso de veículo na BR-277

A condutora do veículo possui histórico relacionado ao comércio ilegal para estudantes

No último sábado (29), uma operação de rotina da Receita Federal na BR-277, altura de São Miguel do Iguaçu-PR, resultou na descoberta de um sofisticado esquema de contrabando. Durante a abordagem de um veículo de passageiros às 3h30 da madrugada com destino a Capinópolis-MG, servidores da Receita Federal identificaram mercadorias ilegais escondidas em fundo falso nas caixas de ar do automóvel.

Entre os produtos apreendidos estavam cerca de 30 ampolas e 250 comprimidos de hormônios, além de 100 cigarros eletrônicos. A responsável pelas mercadorias tem registros anteriores em Minas Gerais, onde figura em ocorrências relacionadas ao comércio. Um dos registros a menciona como responsável por venda irregular de cigarros eletrônicos, especialmente direcionados a estudantes, implicando riscos à saúde pública.

A descoberta da carga ilegal exigiu a intervenção especializada do Corpo de Bombeiros para acessar o fundo falso do veículo, demonstrando um alto nível de sofisticação no esquema de contrabando. A eficácia da operação evidenciou a habilidade dos servidores da Receita Federal na identificação dos compartimentos secretos.

O veículo e as mercadorias foram encaminhados para a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu para as providências legais pertinentes.

A Receita Federal reitera o compromisso no combate ao contrabando, descaminho e outras práticas ilícitas, visando garantir a segurança fiscal e o cumprimento das leis comerciais. Operações como essas são fundamentais para combater atividades ilegais e proteger a economia nacional.

A colaboração da população é crucial nesse esforço, e denúncias anônimas podem ser feitas pelos números (45) 9 9134-0100 e (45) 9 9152-2036.

Comunicação Social da Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu/PR