21 de fevereiro de 2024

Vereadores de Foz aprovam o Passe Livre e celebram com os estudantes

Projeto enviado pelo Poder Executivo foi aprovado por unanimidade do plenário

Vereadores de Foz aprovam o Passe Livre e celebram com os estudantes

Em dia histórico, a Câmara Municipal de Foz do Iguaçu aprovou, nesta quarta-feira, 28 de junho, por unanimidade dos vereadores presentes no ato da votação, o Projeto de Lei Complementar nº 10 de 2023, que implanta o Passe Livre para os estudantes. Universitários e alunos do ensino médio que compareceram à sessão celebraram com os vereadores a conquista após uma luta iniciada há mais de 30 anos. A partir de agora, o projeto enviado pelo Poder Executivo vai para sanção do prefeito e publicação em Diário Oficial.

O presidente da Câmara João Morales (União Brasil) usou a tribuna para expressar a relevância do tema, agradecendo ao prefeito Chico Brasileiro (PSD) por encaminhar o projeto ao Legislativo. Além de relembrar registros históricos e reconhecer grandes nomes que contribuíram para a luta, Morales expressou grande alegria com a causa estudantil e apontou que é uma luta de todos. “Utilizem da melhor forma [o benefício]. Recebam isso que foi a oportunidade que nós quando estudantes não tivemos, mas que hoje é uma realidade para todos vocês”, disse o Presidente do Poder Legislativo.

O vereador Edivaldo Alcântara (PTB), defensor da causa e que trabalhou como motorista no transporte coletivo, disse ter acreditado na conquista sempre. “Não foi só uma conquista de um vereador, ela é de todos os vereadores, dos estudantes e de todos aqueles que trabalharam aqui e fizeram toda essa caminhada”, afirmou Edivaldo. O vereador reforçou que tem uma bandeira e acredita na evolução até o passe livre para todos.

BENEFÍCIO É PARA TODOS OS ESTUDANTES

“Hoje, estudantes não terão mais que escolher entre comer um pastel ou pagar a passagem. O passe livre não é só para Unila, é para todos os estudantes de todos os cursos”, disse a vereadora Yasmin Hachem (MDB) – outra defensora da causa – expondo uma lacuna social antes vivida por muitos.

Anice Gazzaoui (PL) também destacou o protagonismo do movimento estudantil e muito atores da luta, relembrando o ex-presidente da Câmara, Beni Rodrigues. “Vocês são protagonistas do sonho de muitos estudantes. Esse é o legado que ficará. Essa vitória é lutada, suada e de todos vocês”, destacou Anice.

Já o vereador Galhardo (Republicanos) destacou o protagonismo da Câmara em todos os assuntos relevantes. “Podemos fazer a diferença. O debate precisa gerar frutos. O conflito não exime a oportunidade do debate”.

RECONHECIMENTO DA LUTA

Relator do projeto pela Comissão Mista, o vereador Adnan El Sayed (PSD) também expressou a importância da luta dos estudantes pelo Passe Livre e por outras políticas públicas em prol da educação “Defender o passe livre não é somente defender o transporte para estudantes, é defender muito mais do que isso. Só iremos entender o tamanho dessa importância no futuro. Viva sempre os estudantes, a ciência, a educação e o desenvolvimento da nossa sociedade”, declarou Adnan.

Os vereadores Kalito Stoeckl (PSD) e Ney Patrício (PSD) também registraram falas importantes para a causa. Patrício, que presidiu a Câmara por dois anos nesta Legislatura, apontou que “essa é apenas uma parte da conquista e que valoriza o jovem e o futuro de uma cidade”, indicando a busca pela tarifa zero na cidade.

Kalito usou o termo “O que não se mede não se gerencia”, para expressar o trabalho árduo dos vereadores e do Executivo em conjunto.