22 de maio de 2024

Tempestade solar causa auroras no norte e no sul da América Latina



A maior tempestade geomagnética em duas décadas, provocada por explosões solares, causou luzes deslumbrantes em partes da América Latina durante a noite dessa sexta-feira (10), incluindo uma rara aparição no México.

Em Mexicali, uma cidade desértica na fronteira norte do México, a milhares de quilômetros das regiões árticas, onde as luzes são comuns, gradientes de rosa e roxo iluminavam o céu de noite.

A agência de proteção civil do estado de Baja California, em Mexicali, disse que mais auroras poderão ser visíveis na noite de sábado.

No Chile, onde o fenômeno é conhecido como aurora australis ou luzes do sul, a mídia local e usuários de redes sociais compartilharam fotos do céu da cidade de Punta Arenas pintadas em vermelho e magenta.

A mídia local na Argentina relatou tons semelhantes que iluminaram o céu da cidade patagônica de Ushuaia.

As tempestades geomagnéticas são causadas quando explosões de plasma e campos magnéticos da coroa solar são direcionadas para a Terra, onde podem desencadear as exibições de auroras, de acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos. O fenômeno provavelmente continuará durante o fim de semana, disse a agência.

*E proibida a reprodução deste conteúdo.