23 de julho de 2024

Tempestade Beryl deixa 3 mortos e 2,7 milhões sem energia no Texas



 A tempestade tropical Beryl levou fortes ventos e chuva torrencial para o sudeste do Texas nessa segunda-feira (8), matando pelo menos três pessoas, inundando estradas, fechando portos petrolíferos, cancelando mais de 1.300 voos e deixando 2,7 milhões de casas e empresas sem eletricidade.

Beryl, o furacão de categoria 5 mais precoce da temporada já registrado, perdeu força depois de atingir a cidade costeira texana Matagorda com perigosas ondas e chuva forte, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC). A agência governamental disse que o furacão poderia criar tornados no Texas, na Louisiana e no Arkansas.

A tempestade, que deve enfraquecer rapidamente à medida que se desloca para o interior, percorreu um caminho destrutivo pela Jamaica, por Granada e São Vicente e Granadinas na última semana, matando pelo menos 11 pessoas e derrubando construções e linhas de energia.

No Texas, um homem de 53 anos e uma mulher de 74 foram mortas em acidentes envolvendo árvores em suas casas, na região próxima a Houston. Um funcionário público da cidade acabou afogado em uma passagem subterrânea.

A forte tempestade desacelerou a atividade de refino e alguns locais de produção foram esvaziados na região, a principal produtora de petróleo e gás natural nos Estados Unidos.

(Reportagem de Tyler Clifford, Arathy Somasekhar, Liz Hampton, Marianna Parraga, Georgina McCartney e Swati Verma)

* É proibida a reprodução deste conteúdo.