21 de fevereiro de 2024

Secretaria da Educação divulga empresas credenciadas para material escolar

ecretaria da Educação de Foz divulga lista de empresas credenciadas para compra do material escolar

A Secretaria Municipal de Educação divulgou a lista das 41 empresas credenciadas para a compra de itens pelo programa Cartão Material Escolar, da Prefeitura de Foz do Iguaçu. Papelarias em todas as regiões da cidade estão aptas para a venda dos produtos e a lista pode ser conferida aqui: https://bit.ly/3iIeZ41

Foto: Christian Rizzi/PMFI. 

No final do ano passado, a prefeitura reabriu o cadastro para que as empresas e papelarias da cidade interessadas em aderir à iniciativa tivessem acesso à oportunidade.

Os cartões distribuídos em 2022 serão recarregados nesta quarta-feira (18) e as compras já poderão ser feitas. Para os novos matriculados, a distribuição será feita pelas escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) a partir do dia 17. As unidades irão convocar os pais para a retirada conforme a chegada dos cartões.

Segundo o prefeito Chico Brasileiro, o Cartão Material Escolar é um dos programas mais importantes já anunciados pela gestão. Serão 27 mil alunos contemplados e que poderão iniciar o ano letivo, no dia 7 de fevereiro, com materiais novos.

“O município cumpriu o compromisso assumido ainda no início dos trabalhos, em 2017. Realizamos um sonho antigo, que saiu do papel graças ao esforço dos servidores que se empenharam na organização e formulação do programa. Uma ação tão importante deve durar por muitos anos”, completou. 

O prefeito destacou a importância do programa tanto para os alunos da rede municipal de ensino, como para os estabelecimentos do município. “É uma forma de incentivar a economia local, por isso demos a oportunidade de mais empresas se credenciarem neste segundo ano da iniciativa”, afirmou Brasileiro. 

Benefício da Prefeitura

O saldo do Cartão Material Escolar varia entre R$ 80 a R$ 180, conforme a necessidade das séries do ensino infantil e fundamental. O valor permite a compra dos produtos discriminados na lista oficial do decreto.

Os cartões funcionam apenas na função débito e a utilização será restrita para a compra dos materiais nos estabelecimentos credenciados. A família terá até 180 dias para utilizar o cartão e adquirir os materiais listados pela Secretaria da Educação.