23 de julho de 2024

Russell vence GP da Áustria após colisão entre Verstappen e Norris



George Russell venceu o Grande Prêmio da Áustria para a Mercedes neste domingo (30), depois que o tricampeão mundial Max Verstappen, da Red Bull, e Lando Norris, da McLaren, colidiram no final da corrida enquanto lutavam pela liderança.

George Russell takes second career victory after Norris and Verstappen collide at Red Bull Ring #F1 #AustrianGP | Full report 👇https://t.co/o7DEmwaXNP
— Formula 1 (@F1) June 30, 2024

Oscar Piastri, da McLaren, terminou em segundo, e Carlos Sainz, da Ferrari, em terceiro, no Red Bull Ring, em Spielberg.

A vitória foi a primeira para a Mercedes desde novembro de 2022, quando Russell triunfou no Brasil, e a segunda da carreira do britânico.

“Só acaba quando termina”, declarou o vencedor após receber a bandeira quadriculada em uma corrida que guardou sua emoção até as últimas 20 voltas, quando a batalha entre Verstappen e Norris explodiu.

Um pitstop lento de 6,5 segundos para Verstappen na volta 52 trouxe Norris de volta ao alcance e o duelo que se seguiu viu a McLaren desfrutar de um benefício de redução de arrasto enquanto Norris tentava ultrapassar.

“A equipe fez um trabalho incrível para nos colocar nessa briga. Você tem que estar lá no final para juntar os cacos e era aí que estávamos”, disse Russell antes de subir ao topo do pódio.

OUR TOP 10 IN AUSTRIA! 👀#F1 #AustrianGP pic.twitter.com/wwgeehvxB7
— Formula 1 (@F1) June 30, 2024

“Estávamos apenas cerca de 12 segundos atrás e eu sabia que isso [a colisão] era uma possibilidade. Você está sempre sonhando”.

Russell largou em terceiro, com Verstappen na pole e Norris ao seu lado na primeira fila, mas a vitória foi entregue a ele após 64 das 71 voltas.

Os comissários de bordo aplicaram uma penalidade de 10 segundos ao piloto holandês por causar a colisão, mas isso não fez diferença no resultado de Verstappen, que aumentou sua vantagem no campeonato para 81 pontos sobre Norris.

Nico Hulkenberg foi o sexto colocado pela Haas, um grande impulso para a equipe, com Sergio Perez, da Red Bull, em sétimo, e Kevin Magnussen em oitavo pela Haas.

Daniel Ricciardo deu dois pontos à RB, em nono, e Pierre Gasly conquistou o último ponto para a Alpine, de propriedade da Renault.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.