21 de fevereiro de 2024

Prefeitura realiza intensa mobilização contra a dengue na região Nordeste

Prefeitura realiza intensa mobilização contra a dengue na região Nordeste

Começou nesta quinta-feira (13) uma nova mobilização contra a dengue em Foz do Iguaçu, desta vez na região Nordeste. As equipes da Prefeitura estiveram em áreas do bairro Três Lagoas, com maquinários e dez caminhões caçambas e carrocerias, entre veículos do município e do Exército Brasileiro.

O trabalho contou com a participação dos agentes de combate às endemias do Centro de Controle de Zoonoses, agentes comunitários de saúde, soldados do 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado. Ao todo, cerca de 60 pessoas estiveram envolvidas na mobilização.

Foram mais de 60 quarteirões percorridos, recolhendo resíduos e entulhos das residências dos bairros Madre Tereza, Lagoa Dourada, Jardim Dourado, Lagoa Azul, Gleba Guarani e Ipanema. Todos os moradores receberam orientações sobre prevenção e cuidados necessários para evitar que o mosquito se prolifere.

Ao saber da ação, Maria do Carmo reuniu os familiares que moram em sua casa para fazer uma nova limpeza no terreno, organizando os materiais que poderiam ser recolhidos pelos caminhões.

“Sempre é muito bom quando podemos contar com esse apoio da Prefeitura. Fazemos o possível para deixar tudo limpo, então é o nosso deve ajudar sempre que pudermos. Tudo o que acumula água e não será mais usado, foi levado embora”, disse a moradora.

Organização do trabalho

O secretário de Transparência e Governança, Leandro Correa, destaca que as mobilizações são ações complementares ao trabalho já realizado na região e permitem o envolvimento de outros setores na luta contra o mosquito. A organização é realizada pela Secretaria de Direitos Humanos, com o apoio das pastas do Meio Ambiente e Obras.

“Mantemos o monitoramento nessas áreas, verificando locais que são utilizados como pontos de descarte irregular. Os moradores são alertados sobre os riscos que essa prática pode ocasionar e convocados a não permitirem que essa problemática siga acontecendo”, afirmou Leandro.

Região Nordeste

A região Nordeste apresentou um aumento no número de casos de dengue nas últimas semanas, e está entre as áreas prioritárias de atendimento. As ações seguirão até sexta-feira (14).

As áreas consideradas de maior risco (Sul, Leste e Norte) já receberam as mobilizações e o trabalho preventivo segue com as vistorias ambientais do CCZ. Foz do Iguaçu têm 2.026 casos confirmados da doença e mais de 30 mil notificações, de acordo com o último boletim epidemiológico.