29 de fevereiro de 2024

Prefeitura de Foz abre concurso público

Prefeitura abre concurso para merendeiro(a) e motorista do transporte escolar

A Prefeitura de Foz do Iguaçu abriu um concurso público para contratação de merendeiro(a) escolar e motorista do transporte escolar. O edital foi publicado nesta terça-feira (12) no Diário Oficial do Município e também está disponível no site da Fundação Fafipa: https://www.fundacaofafipa.org.br/informacoes/3903/.

São ofertadas 300 vagas para merendeiro(a) escolar e 12 para motorista do transporte escolar em ampla concorrência, respeitando as vagas para pessoas com deficiência e afrodescentes. A seleção visa o preenchimento de vagas, sob o regime estatutário, para suprir necessidade da Secretaria Municipal da Educação.

As inscrições foram abertas nesta terça-feira (12) e seguirão até o dia 1º de outubro, exclusivamente pelo site da Fafipa. O valor é de R$ 120 e os pedidos de isenção podem ser realizados até o dia 17 de setembro. O concurso acontecerá em três etapas: Prova objetiva; Prova discursiva (PD) e Prova prática, todas de caráter eliminatório e classificatório.

Requisitos

Para concorrer ao cargo de merendeiro(a), é necessário ter Ensino Fundamental completo e curso de manipulação e higiene de alimentos. A remuneração é de R$ 1.764,31 para 40 horas semanais, além de R$ 300,00 de auxílio alimentação.

Para o cargo de motorista, é necessário ter o Ensino Médio Completo e demais exigências estabelecidas no § 1º do art. 6º da Lei Municipal n.º 5.198/2022. A remuneração é de R$ 2.515,68 para 40 horas semanais.

A aplicação das provas objetiva e discursiva está prevista para o dia 29 de outubro; a prova prática em 16 de dezembro e a homologação com os resultados finais até 22 de janeiro de 2024.

A convocação dos candidatos aprovados, dentro do número de vagas previsto no edital, ocorrerá de acordo com a necessidade, disponibilidade e conveniência do Município de Foz do Iguaçu, respeitando ordem de classificação e a vigência do edital. O concurso terá validade de dois anos a contar da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período a critério da administração pública.

 

Foto: José Fernando Ogura/ANPr