22 de maio de 2024

Polícia e manifestantes se enfrentam em Paris durante 1º de Maio



A polícia francesa disse que prendeu 45 pessoas em Paris e que 12 policiais ficaram feridos durante os tradicionais protestos do Primeiro de Maio nesta quarta-feira, embora as manifestações tenham sido muito mais moderadas do que no ano passado.

A tropa de choque usou gás lacrimogêneo e cassetetes para dispersar alguns dos manifestantes. A polícia estimou o número de manifestantes na capital francesa em cerca de 18 mil, embora o sindicato de extrema esquerda CGT tenha calculado o número em cerca de 50 mil.

Os manifestantes estavam principalmente irritados com o custo de vida e a reforma dos subsídios de desemprego, embora alguns também agitassem bandeiras palestinas para mostrar solidariedade com o povo de Gaza.

A polícia disse que cerca de 121 mil manifestantes participaram dos comícios do Primeiro de Maio em toda a França, enquanto a CGT informou um número de 200 mil.

Este número ainda está muito abaixo dos mais de 2 milhões de pessoas que o sindicato disse terem participado nos protestos do Primeiro de Maio em 2023, em meio à forte oposição às reformas previdenciárias do presidente francês, Emmanuel Macron, agora promulgadas.

(Reportagem de Benoit Van Overstraeten; Edição de Gareth Jones)