16 de julho de 2024

Ministério da Saúde libera R$ 17 milhões para construção de policlínica em Foz do Iguaçu

Além de oferecer consultas e exames especializados, nova unidade também será espaço de qualificação dos profissionais de saúde

O Ministério da Saúde aprovou e liberou R$ 17 milhões para a construção de uma policlínica em Foz do Iguaçu, como parte do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), conforme publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (26). Além da construção, está prevista a liberação de mais R$ 13 milhões para aquisição de mobiliários e equipamentos após a finalização da obra, totalizando um investimento de R$ 30 milhões.

Com a publicação o município está autorizado a licitar a obra, cuja localização está prevista para a Avenida Mário Filho, no bairro Morumbi II. Este será um centro de atenção à saúde, oferecendo consultas e exames especializados, além de pequenos procedimentos. Nela serão contemplados os núcleos de atenção integral ao homem, mulher, crianças e outros públicos que requerem acompanhamento especial, incluindo reabilitação aos pacientes com sequelas motoras, neurológicas e respiratórias.

Faz parte do Programa Mais Acesso a Especialistas, que busca facilitar o acesso a exames e consultas especializadas, onde os espaços sejam um centro de integração que concentre todos os procedimentos em um único local, possibilitando que o paciente otimize o tempo e alcance melhores resultados no tratamento. Dessa maneira, pretende-se desafogar outros pontos de atenção, como os hospitais, além de reduzir a burocracia aos pacientes encaminhados pelas Equipes de Saúde da Família.

A nova unidade visa ambientes projetados para a realização de exames gráficos e de imagem, como Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada, Eletrocardiograma, Raio X, Mamografia, Ultrassonografia,  Espirometria, Endoscopia Digestiva, Colonoscopia, entre outros; consulta clínica de apoio ao diagnóstico com médicos de diversas especialidades, além de pequenos procedimentos como vasectomia, cauterização e biópsias em centro cirúrgico de baixa complexidade.

A policlínica será um espaço de formação, qualificação e fixação dos profissionais de saúde. Será também um ponto de apoio à inteligência sanitária nos territórios, contendo em todos os consultórios e espaços de exames instalações de dados e lógica para implementação da telessaúde, bem como “ilhas” multiprofissionais situadas nos núcleos de cuidado. Terá ainda espaço específico para a tecnologia da informação, com a instalação dos racks de informática e sala dedicada à equipe da saúde digital.  

Além da policlínica, Foz do Iguaçu também receberá uma nova Unidade Básica de Saúde – UBS Porte IV – através do Novo PAC, a qual será instalada no Bubas e estará destinada e apta para receber no mínimo quatro Equipes de Saúde da Família, com número de profissionais compatível a essas quatro equipes. O investimento será de aproximadamente R$ 5 milhões. Destaca-se que o município foi autorizado a contratar novas equipes de saúde e profissionais do programa Mais Médicos, aumentando a capacidade de atendimento na atenção primária.