22 de junho de 2024

Merenda escolar de Foz do Iguaçu tem a melhor avaliação do TCE-PR entre as cidades

Município conquistou a nota 9,90 no serviço de alimentação escolar. Por dia, mais de 50 mil refeições são produzidas para atender os 27 mil alunos da rede

Merenda escolar de Foz do Iguaçu tem a melhor avaliação do TCE-PR entre as cidades com mais de 200 mil habitantes

O Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) deu nota 9,90 para o serviço de alimentação escolar da rede municipal de ensino de Foz do Iguaçu, a melhor avaliação entre as cidades com mais de 200 mil habitantes, a frente de Curitiba (8,50), Maringá (7,70), Ponta Grossa (6,40) e São José dos Pinhais (7,70), por exemplo. Foz do Iguaçu também pontuou à frente de cidades do Oeste do Paraná, como Toledo (7,70), Cascavel (7,80) e Medianeira (8,20).

O diagnóstico referente ao ano de 2022 foi divulgado na última sexta-feira (05) pelo TCE-PR, que avaliou a situação dos 399 municípios paranaenses em seis áreas: educação; saúde; assistência social; administração financeira; previdência social e transparência e relacionamento com o cidadão. Os números foram obtidos por meio do Programa de Avaliação de Contas Municipais de Governo (ProGov).

No ano passado, os investimentos em alimentação escolar no município somaram R$ 22 milhões, e a previsão para este ano é de R$ 25 milhões, incluindo mão de obra (preparo da merenda), transporte e os gêneros alimentícios. Por dia, são produzidas cerca de 50 mil refeições para atender os mais de 27 mil alunos das 50 escolas, 44 Cmeis (Centros de Educação Infantil), 9 instituições conveniadas e 6 centros de convivência escola bairro.

“Tivemos muitos avanços na alimentação escolar nos últimos anos, o primeiro deles foi a recomposição da equipe, que até 2017 era formada por apenas duas nutricionistas e hoje temos onze servidoras atuantes na Divisão de Alimentação Escolar. Também dobramos os investimentos na aquisição de produtos da agricultura familiar. Temos, pela primeira vez, a oferta de alimentos orgânicos na merenda dos nossos alunos”, disse a secretária da educação, Maria Justina da Silva.

Todos os alimentos fornecidos pela Secretaria Municipal da Educação às unidades escolares , assim como os cardápios executados, o número de alunos atendidos e refeições servidas diariamente são registrados em um Sistema Digital de Alimentação Escolar (SIDAE), também conhecido como “Mapa da Merenda”, que garante o maior controle de dados e segurança na oferta dos alimentos às crianças.

Todos os cardápios são elaborados com base na Resolução nº 6/2020 do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da educação) no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE.

Na área da educação, Foz do Iguaçu também conquistou a nota 10 em planejamento, 9,30 no transportes escolar, 7,90 em práticas pedagógicas e 7,90 em equipamentos. A avaliação geral da pasta conquistou a nota 8,13. Foz do Iguaçu também conquistou boas notas na Transparência (8,07), Previdência (8,08) e Saúde (7,55).