16 de julho de 2024

Matriz São João Batista terá o melhor arraiá de todos os tempos

A festança acontece de sexta-feira (21) a domingo (23), com comidas típicas, danças de quadrilha, exposições, ações entre amigos e a tradicional feijoada

No ano do centenário da igreja mais antiga de Foz do Iguaçu, a preparação das festividades da matriz São João Batista, a exemplo da parte religiosa, está sendo feita no maior capricho.
O festerê começa na sexta-feira (21), às 18 horas, com quermesse e barracas de comidas típicas, no pátio da paróquia, onde foi montada uma grande infraestrutura para receber a comunidade e os visitantes em geral. A festança termina só no domingo (23), no final da tarde.
“Todo público é convidado e será recebido com todo o carinho”, diz o pároco, padre Willian Alves. A entrada é gratuita. Durante toda a programação, haverá venda de souvenires, como camisetas, bonés, canecas e chaveiros, entre outros, além de um terço estilizado, com edição limitada. Também foi programada uma exposição no salão verde, com fotos antigas da matriz, de paroquianos, das pastorais e movimentos religiosos.


Logo na fachada, o pessoal já vai se deparar com uma decoração especial. A entrada da matriz ganhou bandeirolas com a logomarca do centenário. A data do jubileu é segunda-feira, 24 de junho.
Na entrada haverá um parque de diversões infláveis e ao longo do estacionamento barracas com toda diversidade de comidas e brincadeiras para crianças e adultos, como pescaria e cadeia. Na parte da comilança e bebidas, haverá pamonha, espetinho, cocada, churros e quentão, entre outras.
O pessoal do Pós-Crisma fará uma apresentação de dança junina.


No sábado (22), a diversão começa mais cedo, a partir das 16h, e inclui shows de bandas locais. No domingo (23), serão vendidos pedaços de bolo de São João Batista com medalhas do santo, após a Santa Missa. Essa é uma das partes mais esperadas da festa,
A partir do meio-dia, será servida a tradicional feijoada. O almoço, feito por chef, custa R$ 50,00, com opção de levar para casa. Crianças até 7 anos de idade não pagam.
À tarde, haverá sorteio da Ação Entre Amigos, que este ano tem um carro Polo zero km como prêmio principal. Cada bilhete custa R$ 100 e dá direito a outras 14 premiações. Tanto os convites da feijoada quanto da rifa podem ser adquiridos com as pastorais ou na secretaria da paróquia. Não deixe para a última hora, pois os convites costumam esgotar rapidamente.


Toda a arrecadação da festa será utilizada para o pagamento das artes sacras, incluindo vitrais e a troca das portas e para manutenção da igreja.


Programação religiosa e outros detalhes
Terça-feira, 18 de junho, às 19h, terceira noite da campanha das Talhas de Caná com o tema “São João Batista precursor do Messias” e o lema “Hoje a salvação entrou em tua casa”.
Quarta-feira, 19 de junho, às 19h, quarta noite da campanha, com o Tema “São João que batizou a Jesus Cristo” e o lkema “Buscai as coisas do alto”.
Quinta-feira, dia 20 de junho, às 19h, quinta noite da novena com o tema “São João Batista mártir da verdade” e o lema “É preciso dizer não a esse mundo”.
Sexta-feira, 21 de junho, às 19h, santa missa de encerramento da campanha, com o tema “São João Batista pregador da conversão” e o lema “Convertei-vos e crede no Evangelho”.


Moção de aplauso
Também na sexta-feira, às 9h, haverá solenidade de moção de aplauso do centenário da matriz São João Batista, na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu.
Carreata e missa solene
Na segunda-feira, 24, dia do padroeiro e quando se comemora a fundação da igreja matriz, haverá carreata pelas ruas da cidade, às 8h30. Logo depois, às 10h está programada missa solene com o bispo Dom Sergio de Deus, concelebrada por outros padres da paróquia e da diocese.

Importância
Para Dom Sergio de Deus Borges, a Paróquia São João Batista, desde sua origem, foi e é um espaço para o crescimento na fé, nos valores que sustentam a vida cristã, valores que fortalecem as famílias e permitem aos jovens olharem o presente com coragem e o futuro com esperança”.
Portanto, ainda segundo o bispo, “celebramos hoje os frutos da primeira Paróquia de Foz do Iguaçu, da evangelização e missão realizados, e que dali surgiu a nossa Diocese.”
Segundo padre Willian Paiva, pároco da igreja, esse é um grande momento de celebração memorial e afetiva da matriz, da diocese e da cidade, que tem como padroeiro o nome do santo da igreja. Ele convida a todos para participar dos festejos. “Será uma festa linda para toda a família de Foz e visitantes em geral.”