21 de fevereiro de 2024

Itaipu abre 21 vagas de estágio de férias

Itaipu abre 21 vagas de estágio de férias

A Itaipu Binacional, em parceria com a Universidade Patativa do Assaré (UPA), abriu a seleção de estudantes de diversos cursos para o programa de estágio nas férias de julho. O edital prevê a contratação, por prazo determinado, de alunos de qualquer parte do País que queiram cumprir o estágio obrigatório e não remunerado na empresa.

Rubens Fraulini / Itaipu Binacional

De acordo com a Coordenadora do Programa de Estágios, Aliny Nowak, diferente do estágio regular não obrigatório, que acontece durante todo o ano, a modalidade de férias tem o objetivo de oferecer oportunidades para alunos de cursos superiores que moram em cidades fora da área de influência da Itapu. “É uma chance para pessoas inclusive de outros Estados que gostariam de estagiar aqui, mas não podem pela distância da universidade”, explica.

Para os estudantes selecionados a Itaipu oferece transporte interno para os escritórios em Foz do Iguaçu e refeição. As inscrições seguem até o dia 31 de março e podem ser feitas pelo site da UPA (www.universidadepatativa.com.br) clicando no banner do programa. As vagas são para diferentes áreas da empresa e podem se participar estudantes dos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Mecatrônica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Florestal, Engenharia de Recursos Hídricos, Engenharia de Aquicultura, Engenharia de Pesca, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, Engenharia Civil, Gestão Ambiental, Tecnólogo em Gestão Ambiental, Ecologia, Biologia, Oceanografia, Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia, Arquitetura, Geografia e Pedagogia.

A Itaipu Binacional mantém um programa de apoio aos estudantes por meio da hospedagem solidária, na qual empregados voluntários oferecem estadia para os estagiários selecionados, que residem em cidades distantes. Segundo Aliny, a proposta é dar oportunidade para que alunos de renda mais baixa também possam participar do programa. No ano passado, 11 empregados receberam estudantes em suas casas em Foz do Iguaçu.