21 de fevereiro de 2024

Iniciativa do Visit Iguassu disputa prêmio nacional do turismo

Iniciativa do Visit Iguassu disputa prêmio nacional do turismo

O Visit Iguassu, através da iniciativa “Inovação no Processo de Captação de Eventos – categoria Promoção e Marketing”, está na disputa da 3ª edição do Prêmio Nacional do Turismo 2023: o turismo transformando vidas. O evento deste ano premiará 19 categorias, entre iniciativas de destaque e profissionais do setor.

Considerado a maior premiação do turismo nacional, a ação do Ministério do Turismo busca identificar, estimular e disseminar práticas de sucesso, realizadas pelo setor, ao reconhecer a sua importância e abrangência nos destinos brasileiros, e valorizar profissionais que tenham atuado, de maneira criativa, inovadora e proativa, em benefício do desenvolvimento do turismo no País.

“O Prêmio Nacional do Turismo é uma premiação de grande prestígio no Brasil. Ser indicado ou premiado nesse contexto confere um reconhecimento importante para o trabalho desenvolvido pelo Convention de Foz do Iguaçu. Ao concorrer ao prêmio, o Visit Iguassu demonstra o impacto positivo que suas atividades têm na economia local”, ressalta o presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez.

Por que a iniciativa do Visit Iguassu é inovadora? — Historicamente, os Conventions atuam em um modelo padrão de captação de eventos moroso e burocrático, que envolve diversos profissionais, além de tempo e dinheiro.

Durante a pandemia da Covid-19, quando o setor sofreu grande impacto, a equipe do Visit Iguassu precisou ser criativa para dar continuidade ao trabalho, com menos recursos e profissionais. Deste modo, a entidade iguaçuense mudou a estratégia de captação, utilizando as mídias digitais como sua principal aliada.

A ferramenta online trabalha para que o Visit Iguassu receba contatos com grande potencial para fechamento de negócios, além de dar celeridade ao processo. Para exemplificar o sucesso da estratégia, desenvolvida junto a uma agência especialista em performance digital, a entidade já captou 28 novos eventos em apenas um ano de campanha efetiva.

Este número equivale a 21 mil participantes de eventos circulando pelo Destino nos próximos anos, os quais permanecerão em média e 3,5 dias e injetarão mais de R$ 110 milhões de reais na economia da cidade.

“Nos vimos frente a uma realidade onde precisávamos nos adaptar, então desenvolvemos uma ferramenta que pudesse nos apoiar. Ao adotar tecnologias de ponta, estratégias criativas de marketing e abordagens disruptivas, conseguimos nos destacar da concorrência e mostrar aos organizadores de eventos que Foz é a melhor opção”, explica a diretora executiva do Visit Iguassu, Elaine Tenerello.

Outras iniciativas do Destino Iguaçu também estão no páreo:

Além do Visit Iguassu, mais 07 iniciativas de Foz do Iguaçu foram classificadas nesta primeira etapa:

– 4ª Conferência Municipal de Turismo – Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu (categoria: Governança e Gestão do Turismo);

– Campanha “Passe 7 dias em uma das 7 Maravilhas do Mundo” – Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu (categoria: Promoção e Marketing no Turismo);

– Festival das Cataratas – De Angeli Eventos e Empreendimentos (categoria: Promoção e Marketing no Turismo);

– Hackatour Cataratas – IDESTUR – Instituto para o Desenvolvimento do Turismo e Projetos Estratégicos (categoria: Governança e Gestão do Turismo);

– Informatização das Informações turísticas do Município de Foz do Iguaçu – Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu (categoria: Promoção e Marketing no Turismo);

– Modelo de Gestão: Turismo Sustentável – Fundação PTI-BR (categoria: Governança e Gestão do Turismo);

– Promoção Internacional em Conjunto com a EMBRATUR – Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu (categoria: Promoção e Marketing no Turismo).

No próximo dia 06, o Ministério do Turismo divulgará o resultado definitivo das iniciativas habilitadas a disputar a grande final. A cerimônia de premiação está prevista para acontecer no dia 05 de dezembro.