21 de fevereiro de 2024

Iguaçuense recebe prêmio de R$ 1 milhão do Programa Nota Paraná

Essa é a primeira vez na história do programa que o prêmio máximo é entregue para Foz do Iguaçu

Iguaçuense recebe prêmio de R$ 1 milhão do Programa Nota Paraná

No mês em que Foz do Iguaçu comemora 109 anos, o Nota Paraná entregou, pela primeira vez na história do programa, o prêmio máximo de R$ 1 milhão para um iguaçuense. Claudio, morador do bairro Cidade Nova, recebeu o prêmio da Secretaria de Estado da Fazenda nesta terça-feira (13) na Prefeitura de Foz do Iguaçu. Ele concorreu com 60 bilhetes eletrônicos gerados a partir de 14 notas fiscais.

Muito emocionado, o ganhador disse que soube do sorteio pela imprensa e que agora pretende pesquisar possibilidades de investimento. “Com os pés no chão a gente consegue pensar melhor no que fazer. Ainda estou assimilando e não quero enfiar os pés pelas mãos. Quero pensar melhor, já andei pesquisando algumas coisas, e quero investir com calma”, disse.

Para Claudio, que é mecânico, o prêmio significa um recomeço de vida. “Esse um milhão será uma transformação na minha vida, um recomeço, é uma alegria sem fim. Ainda não consegui dormir direito”, contou. O morador fez o cadastro do Nota Paraná em 2015, ano em que o programa foi lançado pelo Governo do Estado. “Virou um hábito pedir o CPF na nota. Sempre acreditei que um dia seria sorteado, e esse dia chegou”.

Durante a entrega da premiação, o prefeito Chico Brasileiro destacou a importância do programa no combate à sonegação fiscal e no retorno aos cidadãos e entidades. “O Nota Paraná é um exercício de cidadania onde todos ganham. Vimos nesses últimos anos um crescimento da receita de ICMS no Estado, e isso tem ajudado na transferência de recursos aos municípios, e aqueles municípios com maior participação na nota fiscal também estão ganhando mais”, disse.

Marta Gambini, coordenadora do Nota Paraná, disse o programa traz uma série de benefícios à população e entidades. “O principal objetivo do programa é combater a sonegação e motivar as pessoas a pedir a nota com CPF ou doar para as instituições. O programa também leva à população o conhecimento sobre o imposto e a importância de pedir a nota, reduz a carga tributaria do cidadão, que pode pagar o IPVA, e exerce a função social à medida que contribui com as instituições sem fins lucrativos”, informou.

Entidades

Em Foz do Iguaçu, 41 entidades cadastradas já receberam mais de R$ 16 milhões. Nesta terça-feira, o Instituto Polo Internacional Iguassu, representado pelo presidente Faisal Ismail, recebeu R$ 20 mil do Nota Paraná. Nos últimos anos, o instituto recebeu mais de R$ 3,7 milhões.

Coordenado pela Secretaria da Fazenda, o Nota Paraná devolve ao contribuinte parte do ICMS pago nas compras no comércio varejista e também distribui prêmios mensais aos contribuintes cadastrados.

Todos os meses são premiados mais de 15 mil bilhetes nos valores de R$ 2 milhões para pessoas físicas e 20 mil bilhetes, nos valores de R$ 2,2 milhões, para entidades. O programa já devolveu R$ 2,8 bilhões para mais de 46 milhões de CPFs e R$ 352 milhões para 1.647 entidades que atuam na assistência social, saúde, defesa animal, esporte e cultura.

Cadastro

Para se cadastrar, basta acessar o site www.notaparana.pr.gov.br, clicar na opção “cadastre-se” e preencher a ficha com os dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço para criação da senha pessoal. Para verificar se possui bilhetes premiados, o consumidor deve acessar seu cadastro no aplicativo ou no site do Nota Paraná e inserir o CPF e senha.