22 de fevereiro de 2024

Governo inaugura reforma pós-vendaval e investe para ampliar atendimento da Unioeste

Foram beneficiados os câmpus de Foz do Iguaçu, que teve reconstrução de espaços destruídos por vendaval, Toledo e Marechal Cândido Rondon. Os recursos são do Governo do Estado, repassados por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Governo inaugura reforma pós-vendaval e investe para ampliar atendimento da Unioeste

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), entregou nesta sexta-feira (7) a reconstrução de espaços na Universidade Estadual de Oeste do Paraná (Unioeste), em Foz do Iguaçu. Os ambientes passaram por obras depois que um vendaval atingiu a instituição, em 2021, e provocou estragos em diversos locais do câmpus. Foram investidos aproximadamente R$ 1,79 milhão com recursos da Seti, da Defesa Civil e da própria universidade.

Foram entregues reformas do bloco de salas de aula, refeitório, passarelas, biblioteca, laboratório de enfermagem e restaurante universitário. Além de Foz, houve repassados de recursos também para os câmpus de Toledo e Marechal Cândido Rondon e anunciada a implantação da primeira usina fotovoltaica da Unioeste.

No câmpus de Toledo da Unioeste, foi inaugurado na quinta-feira (6) o Auditório A3. O prédio tem capacidade para 180 pessoas e área de 366 metros quadrados. Com o novo espaço, o centro de eventos da universidade, que conta com teatro e demais auditórios, amplia a capacidade para a realização de encontros acadêmicos e culturais.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, explica que a comunidade acadêmica é valorizada com o novo ambiente. “De nossa parte, é uma satisfação poder ver que as ações que fazemos repercutem em resultados positivos. Vivenciar a entrega deste espaço para a comunidade acadêmica e da região atende aquilo que tem sido uma orientação constante do governador Ratinho Junior, de que as universidades estejam abertas, cada vez mais, para atender as demandas da sociedade e, para isso, os espaços são fundamentais”, afirmou.

Também foram repassados recursos R$ 549.600 da Seti para o Centro de Referência em Nutrição e Piscicultura (Cernupi) e R$ 200 mil para a instalação de elevadores de acessibilidade nos blocos da Unioeste em Toledo.

Em Marechal Cândido Rondon foi inaugurada, também na quinta-feira (6), a academia escola do câmpus do município. O espaço possui área de mais 630 metros quadrados e atende diretamente o curso de Educação Física, principalmente nas atividades de extensão junto à comunidade. O investimento do Governo do Estado passou de R$ 300 mil, por meio da Seti.

O reitor da Unioeste, Alexandre Webber, explica que a aplicação dos recursos possibilita o treinamento de atletas de alto nível. “Esses investimentos melhoram a qualidade de vida aqui e a relação com a sociedade. O curso de Educação Física de Marechal Cândido Rondon é referência nacional. Temos atletas que vão participar de campeonatos no mundo inteiro. Ter um espaço qualificado para atender esses acadêmicos, e aberto a toda comunidade, só fortalece nosso curso de Educação Física”, completou.

Durante o evento de inauguração em Marechal Cândido Rondon, o governo liberou R$ 450 mil para investimentos e melhoria de dois laboratórios da instituição. Houve ainda a entrega de um ônibus para a comunidade acadêmica e a inauguração do Laboratório de Apicultura depois da reforma do telhado do prédio.

 

Foto: SETI