19 de junho de 2024

Fortaleza supera CRB nos pênaltis e conquista Copa do Nordeste



O Fortaleza conquistou pela terceira vez na história o título da Copa do Nordeste. O triunfo foi confirmado após vitória de 5 a 4 nas penalidades máximas, após o Leão perder de 2 a 0 para o Galo da Praia no tempo regulamentar neste domingo (9) no estádio Rei Pelé, em Maceió.

VAMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSSSS!FORTALEZA VENCE O CRB NOS PÊNALTIS E CONQUISTA O TRICAMPEONATO PELA COPA DO NORDESTE!!!! 🏆🏆🏆#FortalezaEC #RumoAoTriunfo pic.twitter.com/dUt0oZlDea
— Fortaleza Esporte Clube 🦁 (@FortalezaEC) June 9, 2024

O título foi decidido nas penalidades máximas porque na primeira partida da decisão da competição regional, disputada na noite da última quarta-feira (5) na Arena Castelão, a equipe comandada pelo técnico argentino Juan Pablo Vojvoda triunfou por 2 a 0, graças a gols dos atacantes Moisés e Lucero.

Esta é a terceira oportunidade na qual o Fortaleza levanta o título do torneio, após as conquistas de 2019 (na qual o Leão bateu o Botafogo-PB em duas oportunidades por 1 a 0 para ficar com o caneco) e de 2022 (alcançada após um empate de 1 a 1 com o Sport e após uma vitória de 1 a 0 sobre a equipe pernambucana).

Com esta conquista a equipe de Juan Pablo Vojvoda se iguala a Ceará e Sport com três títulos, atrás apenas de Bahia e Vitória, cada um com quatro troféus da competição.

O @FortalezaEC É TRICAMPEÃO DA COPA DO NORDESTE! 🏆🔴🔵⚪Fortaleza, Clube de glória e tradição.Fortaleza, Quantas vezes campeão!!! 🎵Após dois anos, o Leão do Pici voltou ao topo do Nordeste. É O LAION! 🦁 pic.twitter.com/Hkf3WUO9qx
— Copa do Nordeste (@CopaNordesteCBF) June 9, 2024

Decisão nos pênaltis

Empurrado por sua apaixonada torcida, o CRB pressionou o Fortaleza desde os primeiros minutos. E essa postura agressiva deu resultado aos 20 minutos da etapa final, quando o centroavante João Neto aproveitou bola que sobrou após bate e rebate na área para conferir.

A partir daí o Galo da Praia forçou ainda mais as jogadas de ataque, e a estrela do jovem atacante João Neto voltou a brilhar aos 41 minutos, quando recebeu na pequena área e bateu colocado para igualar o marcador.

Como a vitória de 2 a 0 do CRB perdurou até o final do tempo regulamentar, o título foi decidido nas penalidades máximas, nas quais o Fortaleza triunfou por 5 a 4.