20 de maio de 2024

Comerciantes de Ciudad del Este, Salto del Guairá e Pedro Juan Caballero, cidades paraguaias na fronteira com o Brasil, estão otimistas em relação ao movimento de turistas durante o feriado prolongado de Semana Santa e Páscoa, entre os dias 14 e 17 de abril. Estoques de mercadorias foram renovados pensando na data.


De acordo com o portal La Clave, cifras divulgadas pela Direção Nacional das Aduanas (DNA), do Paraguai, apontam que no mês de março houve aumento de 36,2% na arrecadação do Regime de Turismo, modalidade pela qual são importados os produtos destinados ao turismo de compras. comparação é com março de 2021, quando G. 71,7 bilhões (R$ 49,7 milhões) foram arrecadados, contra G. 97,3 bilhões (R$ 67,3 milhões) no terceiro mês de 2022. Entre os principais itens importados, destaque para eletrônicos, acessórios e confecções, oriundos de países como China, Taiwan e Coreia do Sul.


O relatório da DNA também revela que houve acréscimo de 41% na tonelagem das mercadorias adquiridas pelos importadores locais, que decidiram aproveitar o momento de queda na cotação do dólar frente a moedas como o real brasileiro (utilizada pela maioria dos consumidores) para a renovação dos estoques.
O dia de maior movimento no comércio de Ciudad del Este no feriado deve ser o sábado (16), com previsão de congestionamentos na travessia da Ponte da Amizade. No Paraguai, tradicionalmente, as lojas fecham na Sexta-Feira Santa e no Domingo de Páscoa, mas a recomendação é para que o viajante verifique a programação de cada estabelecimento.

Jorbel Griebeler, o empreendedor fundador da Cellshop Duty Free

Quem for ao Paraguai entre quarta-feira (13) e domingo (17) poderá conferir apresentações culturais na aduana de Ciudad del Este, com a campanha “Bom Anfitrião”, promovida pela Secretaria Nacional de Turismo (Senatur). O objetivo é dar as boas-vindas aos viajantes e valorizar a cultura local.