25 de fevereiro de 2024

Duplicação da Rodovia das Cataratas, em Foz do Iguaçu, atinge 18,52%

Duplicação da Rodovia das Cataratas, em Foz do Iguaçu, atinge 18,52%

A duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469) em Foz do Iguaçu, na região Oeste, atingiu em agosto a marca de 18,52% de execução. A obra é do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), com investimento da Itaipu Binacional.

Os serviços estão concentrados atualmente na implantação das novas vias marginais. Uma vez prontas, elas irão receber o tráfego de veículos no trecho e permitir a pavimentação das novas pistas no eixo central da rodovia. Nas marginais estão sendo executados serviços de terraplenagem, implantação de dispositivos de drenagem e também pavimentação.

Também estão em andamento as obras de arte especiais da duplicação, com destaque para a nova ponte do Rio Tamanduá, com serviços na mesoestrutura e concretagem de laje superior em ambas as margens, além de serviços de terraplenagem nas cabeceiras.

No viaduto do km 2+260 já foram executadas 88 estacas e estão sendo implantados os pilares da infraestrutura, enquanto no viaduto do km 3+970 foram iniciadas as fundações com execução das primeiras estacas. Nestes dois viadutos também estão sendo executados os aterros e implantado os dispositivos de contenção, nestes casos pelo sistema Terramesh, composto por gabiões ligados por uma tela metálica estendida.

Quanto aos dispositivos ambientais da obra, o passa fauna do km 5+854 teve suas galerias, paredes e lajes superiores concluídas em ambos os lados da rodovia, faltando somente ligar a estrutura sob o eixo da pista central, o que será realizado após desvio do tráfego para as marginais.

Também são executados periodicamente os serviços de conservação da faixa de domínio da BR-469 no trecho em obras, o que inclui roçada, limpeza e desobstrução de sarjetas, limpeza de sinalização vertical e pintura de meio-fio. Na pista existente são realizados também serviços de tapa-buracos emergencial e renovação da pintura horizontal, com o pavimento devendo ser adequadamente restaurado na última etapa de pavimentação.

PARCERIA – O investimento na Rodovia das Cataratas é de R$ 129 milhões, fruto de uma parceria entre governo estadual, por meio da SEIL, governo federal e a Itaipu Binacional, responsável pelos recursos. O DER/PR ficou encarregado de administrar a execução da obra.

As obras vão desde o portal de entrada do Parque Nacional do Iguaçu até trevo de acesso à Argentina, passando ainda pelo Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, em uma extensão de 8,7 quilômetros.

Está prevista a duplicação da rodovia com alargamento para os dois lados, sendo duas pistas por sentido, com 3,60 m de largura cada faixa, separadas por barreira de concreto dupla com largura total de 0,61 m, acostamento interno com 0,60 m de largura e acostamentos externos com 2,00 m de largura. Já as vias marginais terão uma pista de rolamento com 7,00 m, passeios com 1,60 m e ciclovias bidirecional com 3,00 m ao nível da pista, ou passeios compartilhados com largura média de 3,00 m.

A obra inclui viadutos no km 2+260 (em frente ao Condomínio Ritz Cataratas), km 3+970 (acesso ao bairro Remanso) e km 7+640 (próximo ao Movie Cars), e no acesso ao Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, localizado no km 6+760, além da nova ponte sobre o Rio Tamanduá.

 

Foto: DER