17 de julho de 2024

CENNI de Foz do Iguaçu completa 30 anos de dedicação à saúde das crianças

CENNI de Foz do Iguaçu completa 30 anos de dedicação à saúde das crianças

Setembro é um mês muito importante para o Centro de Nutrição Infantil (CENNI) de Foz do Iguaçu, pois marca o aniversário da instituição. Fundado em 1993, o CENNI celebra seu 30º aniversário com um histórico impressionante de assistência multidisciplinar e um legado de mais de 40 milcrianças atendidas ao longo dos anos.

Desde sua fundação, o CENNI desempenha um papel fundamental na vida de crianças e famílias, crianças e adolescentes de 0 a 14 anos, vindas de famílias de vulnerabilidade social, que buscam cuidados especializados.

Atualmente, mais de 30 profissionaistrabalham no CENNI, oferecendo atendimento e acompanhamento multidisciplinar, incluindo atenção de médicos especialistas, assistente social, fisioterapia, dentista, nutrição, psicologia, enfermeiros, psicopedagogo e voluntários da entidade.

A Dra. Marli Wojciechowski, foi uma das primeiras profissionais que trabalhou no CENNI, ela conta que os atendimentos das criançassempre aconteceram nesta mesma casa que hoje é o CENNI, mas que antes era uma estrutura mais simples. “O CENNI sempre funcionou neste local, na parte da frente ficavam os consultórios e o administrativo, na parte dos fundos funcionava o internamento, as crianças ficavam 24 horas aqui, só saiam nos finais de semana ou iam para as casas de famílias de voluntários que acolhiam essas crianças”.

Segundo a Dra. MarliWojciechowski o Centro de Nutrição Infantil sempre trabalhou de encontro com o que a Organização Mundial de Saúde (OMS) preconiza, em diminuir a mortalidade infantil, melhorar os índices de vacinação, melhorar o período do aleitamento materno, ensinar essas mães a alimentarem e evitar infecções,como também a usarem o soro de hidratação oral e tratar uma diarreia para não precisar ir até as UPAs.

“Posso falar que ajudei na fundação do CENNI, fiquei uns anos fora, e hoje estou aqui novamente. Houve um progresso e um comprometimento. Eu reencontrei a instituição com uma outra estrutura, comuma equipe comprometida de nutricionistas, fisioterapeuta, fono, psicopedagogo, enfermeira, psicóloga e mais uma série de especialistas, médicos e toda uma equipe administrativa. Então eu vi que houve um progresso e um empenho muito grande, principalmente da dona Betina, que mantém firme o intuito de continuar levando para frente a ideia de tratar essas crianças com especial atenção”, enfatizou Marli.

Quem recebeu atendimento no CENNI há 30 anos foi a Franciele do Nascimento Rodrigues que hoje tem 31 anos de idade. A mãe Maria Ieda da Silva, disse que conheceu o CENNI por indicações dos médicos, pois desde que Franciele nasceu, precisou de cuidados especiais. “Minha filha ficou internada no Centro de Nutrição por dois anos, recebeu os primeiros atendimentos com quase um ano e recebeu alta com quase três anos. Nesse período ela só voltava para casa nos finais de semana, e eu durante a semana ficava de voluntária no Centro, fazendo serviços básicos no dia-a-dia, para poder ficar sempre pertinho da minha filha. Posso falar, que quem salvou a vida da minha filha, primeiramente foi Deus, mas também toda equipe do CENNI, pra mim e pra Franciele foi uma benção ter conhecido a instituição. Somos gratas por ter essa instituição em nossa cidade”, contou a dona Maria que ficou emocionada com a lembrança.

CENNI

Hoje, os serviços de atendimento do CENNI são acessíveis através de consultas agendadas pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS), hospitais, profissionais da área ou procura espontânea. A equipe do CENNI está preparada para atender crianças e adolescentes que enfrentam uma ampla gama de desafios de saúde, desde desnutrição, baixo peso, alergias alimentares, anemias carências, patologias associadas, distúrbios na deglutição até quadros de anorexia e obesidade.

Além disso, o CENNI também oferece a possibilidade de internamento/diaquando necessário,seja para tratamento intensivo, investigação diagnóstica ou quando o paciente não apresenta melhora com os cuidados ambulatoriais.