12 de abril de 2024

Benjamin Netanyahu passa por cirurgia para retirar uma hérnia hoje



O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netalyahu, passa por cirurgia médica neste domingo (31). De acordo com informações enviadas por integrantes de seu gabinete, ele deverá retirar uma hérnia. A intervenção será realizada sob “anestesia geral” depois de um diagnóstico realizado ontem (30/3). Yariv Lavin, vice-primeiro-ministro e ministro da Justiça, será o primeiro-ministro interino enquanto Netanyahu estiver ausente.

De acordo com o gabinete de Netanyahu, a hérnia foi identificada após a realização de um “exame de rotina” no sábado à noite.

O primeiro-ministro israelense, atualmente com 74 anos, vai ser operado sob anestesia geral. Em conferência de imprensa, Netanyahu garantiu hoje cedo que irá regressar ao trabalho “muito em breve” após a cirurgia.

Entretanto, a liderança interina do Governo israelense ficará entregue a Yariv Levin, vice-primeiro-ministro e ministro da Justiça de Israel.

Em julho de 2023, Benjamin Netanyahu foi hospitalizado após um desmaio, tendo sido submetido a uma cirurgia para implantação de um marca-passo.

Primeiro-ministro israelense há mais tempo na função, Netanyahu enfrenta, há quase meio ano, uma das maiores crises da história do país após o ataque do Hamas, em 7 de outubro, com muitas críticas à atuação do executivo israelita desde então.

Na sequência desse ataque, que vitimou mais de 1100 israelenses, as forças israelitas lançaram uma guerra na Faixa de Gaza, enclave que o movimento islamita palestiniano controla desde 2007. Após vários meses de bombardeamentos e de crise humanitária sem fim à vista, com mais de 30 mil mortos em Gaza, o Hamas continua a manter reféns e um acordo de cessar-fogo ainda não foi alcançado.

Hoje ocorre em Jerusalém uma marcha de protesto em que também vão participar as famílias dos reféns raptados pelo Hamas. A ação inicia-se neste domingo e deverá prolongar-se por quatro dias.

*É proibida a reprodução deste conteúdo