29 de fevereiro de 2024

ACIFI lança campanha permanente de conscientização e prevenção da dengue

Setor empresarial fomentará medidas de cuidado entre colaboradores e clientes, com material educativo impresso e marketing digital.

ACIFI lança campanha permanente de conscientização e prevenção da dengue

A Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI) lançou a campanha permanente de conscientização e prevenção da dengue nesta quarta-feira, 12. O objetivo é constituir ação duradoura e continuada ao longo do ano, com iniciativas imediatas para o controle da epidemia atual e visão de médio e longo prazos.

Em entrevista coletiva à imprensa, foram apresentados os materiais informativos impressos e digitais. Já nesta quinta-feira, 13, a campanha avançará percorrendo quatro empresas iguaçuenses, que possuem grande número de colaboradores e elevado fluxo de clientes, com a distribuição das peças educativas e diálogo com funcionários, gestores e clientes.

O cartaz e o fôlder da campanha são distribuídos às empresas, que também estão sendo convidadas a usar gratuitamente a versão digital em suas redes sociais, aplicativos de mensagens e portais, podendo personalizar o conteúdo com a logomarca do empreendimento. Os materiais estão disponíveis em www.acifi.org.br/dengue.

Conforme o boletim atual, Foz do Iguaçu superou 30 mil notificações e 2,1 mil casos de dengue, no ano epidemiológico 2022–2023, além de quatro mortes pela doença, entre fevereiro e março. A epidemia causa adoecimento, pressiona o setor de saúde e gera prejuízos econômicos para a cidade.

“Iniciamos uma campanha que não tem previsão para acabar, passando a fazer parte do calendário da entidade. É a nossa contribuição para a coletividade, na forma de uma ação social mobilizadora”, ressaltou o presidente da ACIFI, Danilo Vendruscolo. “Essa epidemia traz sofrimento às pessoas e tem graves reflexos econômicos”, pontuou.

O poder público possui a responsabilidade pelas políticas públicas de saúde, mas combater a dengue é uma tarefa de todos, enfatizou. “Convidamos cada empresário iguaçuense a reforçar a mensagem da prevenção e dos cuidados, reforçando essa comunicação no ambiente de trabalho, com colaboradores e clientes sendo multiplicadores da ideia”, solicitou Danilo.

A campanha da ACIFI preconiza que, na abertura do expediente das empresas, sejam destinados pelo menos cinco minutos para tratar da importância de cada um fazer a sua parte. Os informativos gratuitos evidenciam medidas de cuidados preventivos e os canais públicos para denúncias, que são a Central 156 e o aplicativo eOuve.

União contra a dengue 
Presente no lançamento da campanha, a representante da 9.ª Regional de Saúde, Bárbara Dornelles, parabenizou a ACIFI pela iniciativa, colocando o órgão, que integra a Secretaria de Estado da Saúde, à disposição para ajudar. Ela asseverou a importância de se evitar e eliminar criadouros do Aedes aegypti, vetor de doenças como a dengue.

“A principal mensagem que devemos levar para a população é a eliminação de criadouros”, frisou. “O mosquito hoje se prolifera com maior facilidade. Ele criou resistência e está em todo lugar. Por isso, eliminar os criadouros é a ação mais eficaz que devemos ter”, reforçou Bárbara.

Coordenador do Núcleo da Avenida Brasil, o empresário Carlos Bordin propôs que a campanha possa receber e compartilhar sugestões da comunidade para o combate à dengue no município. “Algumas soluções, muitas vezes bem simples, podem ajudar a combater e a prevenir essa doença”, expôs.

A empresária Mariza Pasquali Mayer sugeriu o engajamento das empresas para fazer viralizar as publicações da campanha nas redes sociais, a fim de amplificar o alcance das mensagens educativas. “Uma dica é marcar os canais oficiais da ACIFI nas postagens, o que vai movimentando a internet e aumentando a visibilidade da ação”, recomendou.

Nas empresas, nas redes 
Os cartazes e panfletos da campanha “Combater a dengue é dever de todos” estão disponíveis para retirada na sede da ACIFI, para todos os empresários. A Associação Empresarial está intensificando a divulgação de peças digitais no Instagram, Facebook, WhatsApp, entre outros canais da internet, por meio de ação estratégica de marketing digital.